Fale com um Perfumista

Fale com um Perfumista
5 (100%) 104 votes

Por meio de estudos científicos das fragrâncias e sua alquimia, ajudamos a determinar a melhor forma de atingir seus objetivos através da aromatização.

Com a identidade olfativa ideal o objetivo é influenciar nas percepções, nos gostos, nos estados de ânimo e nas apetências das pessoas, estimulando o bem-estar e a qualidade do ar, transformando o ambiente em um lugar mais agradável.

Lema da Cheiro Bom

Acreditamos que utilizando o aromatizador e a fragrância certa é possível favorecer comportamentos específicos num público alvo que ajudará a impulsionar e a fixar a marca, produto no mercado ou até mesmo reforçar a imagem positiva do ambiente.

Está com dúvida de qual aromatizador e fragrância é melhor?

Com uma linha grande de aromatizadores profissionais com tecnologia de ponta e suas diversas fragrância, disponibilizamos técnicos perfumistas para aconselhar o melhor aromatizador e sua respectiva fragrância mais adequada para cada caso.
Responda o formulário a seguir e tenha uma análise de consultores olfativos especializados :
Clique Aqui

perfumista analisando o questionario
nos informe qual o local que quer aromatizar: residência, sala, quartos, banheiros, empresa, loja, shopping, consultório, agencia, escritório, recepção, hotel, saída dos elevadores, restaurante, mercado.

.

Uma fragrância para cada momento

Uma fragrância para cada momento
Avaliações

Imagem

No livro O Perfume, de 1985, Patrick Süskind definiu o aroma como uma identidade. O protagonista, Jean-Baptiste, estava acostumado a passar despercebido por todos. Com o olfato apurado, e obcecado por cheiros, ele descobre que é inodoro e vê no perfume a primeira possibilidade de ser notado. Assim, cria um perfume considerado perfeito. Para ele, o odor tinha uma influência muito grande na forma como as pessoas percebem o outro.

A escolha de um perfume não diz respeito apenas ao gosto pessoal, mas também ao que combina com a pele. Hábitos alimentares, genética e o quanto uma pessoa transpira influenciam no cheiro dela, e, consequentemente, na fragrância usada. “Nunca compre um perfume baseado no cheiro que fica em outra pessoa”.

Uma fragrância para cada momento

Noite: se a ideia é que o perfume dure muitas horas, as melhores fragrâncias são aquelas elaboradas com ingredientes mais densos, como madeiras, resinas, flores nobres e também as opções gourmet, com notas de frutas adocicadas, chocolate ou baunilha. Como a fixação é maior, a evaporação é mais lenta.

Dia: as colônias à base de ervas aromáticas, como lavanda ou alecrim; ou ainda as cítricas, como laranja, bergamota ou limão, são leves e suaves, evaporando mais rápido. Vale a pena também apostar nas fragrâncias que combinam flores e frutas.

Inverno: o clima mais frio permite o uso de perfumes mais encorpados e quentes, como os amadeirados e orientais.

Balada: se a ideia é conquistar alguém, os melhores cheiros são os mais densos, com ingredientes orientais, especiarias, musk ou âmbar. Mas cuidado com a dose. Esses cheiros podem se tornar enjoativos demais.

Academia: devem-se evitar os perfumes mais doces, com ingredientes como baunilha e musk. O ideal é usar fragrâncias mais frescas, cítricas ou de lavanda, mais discretas.

Entrevista de emprego: a escolha do perfume ajuda a transmitir uma boa impressão a seu respeito. Evite os tipos mais doces e aposte nos florais mais suaves ou nos cítricos.

Prefira não usar perfumes: em maternidade, na casa de pessoas idosas ou perto de bebês. Uma opção, nesses casos, é escolher uma água de colônia, bem mais suave.

Sândalo, um cheiro bom para a alma e a saúde

Sândalo, um cheiro bom para a alma e a saúde
5 (100%) 110 votes

As propriedades medicinais do sândalo

Na aromaterapia, o óleo essencial de sândalo é recomendado para acalmar a mente e a agitação e ansiedade, sendo muito útil em casos de depressão. Sua ação aromaterápica tem a ver com a função de estimulante do sistema nervoso central e, ao mesmo tempo, calmante dos estados de excitação por conta do aconchego, quase um abraço seguro, que nos traz ao usá-lo.

Longevidade e bem estar, fortalecimento do sistema imunológico e restabelecimento da conexão espiritual da alma com o ser, são outros dos benefícios que você pode usufruir ao usar o sândalo.

– OE Sândalo: é calmante e combate estados depressivos, medos e insônia. Estimula o sistema imunitário, combatendo infecções e dores de garganta.carro-e-tomada

Como introduzir o Marketing Olfativo em sua empresa?

Como introduzir o Marketing Olfativo em sua empresa?
5 (100%) 111 votes

Para aderir é essencial definir o cheiro que será característico da marca, respeitando os valores da empresa junto ao seu público alvo. Em seguida, vem a aplicação estratégica.

É de conhecimento geral que o Marketing vem se tornando fundamental na busca de melhores resultados comerciais e ampliação de perspectivas de negócio inovadoras. A novidade é que temos no Brasil o Marketing Olfativo, que busca ganhar a preferência do público pelo sentido do olfato. Essa ferramenta, não tão nova assim, atrai pelos aromas associados à marcas, serviços e produtos. Mas, então, qual é o cheiro da sua marca?

Para aderir ao Marketing olfativo é essencial definir o cheiro que será característico da marca, respeitando os valores da empresa junto ao seu público alvo. Em seguida, definir a aplicação estratégica do aroma junto a uma consultoria especializada a fim de alcançar os melhores resultados.

É importante frisar que o Marketing sensorial de experiências proporciona resultados a curto, médio e longo prazo. Além de influenciar no momento da compra, a fidelização do aroma à marca, criando um vinculo com o cliente, é conquistada com o passar do tempo. Mas o seu ambiente é propício para vendas?

Outro ponto interessante é o ambiente. Mesmo que os produtos estejam em embalagens completamente fechadas, ainda é possível despertar o interesse olfativo de seu público valendo-se de ferramentas estratégicas de marketing sensorial e venda.

Nesse sentido, empresas que trabalham com produtos feitos na hora possuem vantagem. Estudos apontam que padarias que passaram a exalar o cheirinho de pão fresco e outros assados nos seus espaços comerciais tiveram um aumento de 60% no volume de vendas.

O cliente muitas vezes chega com pressa, querendo apenas comprar algo rápido, mas quando se deixa envolver pelo cheiro de determinados alimentos e tem seus sentidos despertados, não hesita em consumir mais que o planejado inicialmente.

Diante disso, observamos que nosso apetite pode ser aguçado diante de aromas agradáveis. Em caso de lanchonetes e similares, é válido buscar que seus clientes consumam no próprio ambiente. Assim, o cliente tende a ficar mais tempo exposto aos cheiros do local e, consequentemente, além de criar um vínculo ainda mais forte com a marca, são induzidos a consumir mais.

Aromas que Vendem
Segundo estudos recentes, 83% das formas de propaganda possuem apelo predominantemente visual e auditivo. Sendo assim, observa-se uma grande deficiência nas abordagens com apelos sensoriais olfativos. Adotar essa estratégia de venda é um diferencial na busca pela atração e fidelização do público.

Os Estados Unidos e o Japão, países pioneiros na aplicação do Marketing olfativo, são as nações que mais têm investido na busca de conquistar o público através dos aromas. Diante disso, têm alcançado resultados positivos – até mesmo salas para a aula de música são trabalhadas com foco na fragrância que irão adotar.

O exemplo mais conhecido é o cheiro característico de carro novo. Muitas concessionárias valem-se do aroma associado a este conceito no momento de fidelizar a venda, explorando um recurso sensorial disponível neste ramo específico. Em cada segmento é primordial buscar as ferramentas disponíveis no momento de conquistar o consumidor.