Como introduzir o Marketing Olfativo em sua empresa?

Como introduzir o Marketing Olfativo em sua empresa?
5 (100%) 111 votes

Para aderir é essencial definir o cheiro que será característico da marca, respeitando os valores da empresa junto ao seu público alvo. Em seguida, vem a aplicação estratégica.

É de conhecimento geral que o Marketing vem se tornando fundamental na busca de melhores resultados comerciais e ampliação de perspectivas de negócio inovadoras. A novidade é que temos no Brasil o Marketing Olfativo, que busca ganhar a preferência do público pelo sentido do olfato. Essa ferramenta, não tão nova assim, atrai pelos aromas associados à marcas, serviços e produtos. Mas, então, qual é o cheiro da sua marca?

Para aderir ao Marketing olfativo é essencial definir o cheiro que será característico da marca, respeitando os valores da empresa junto ao seu público alvo. Em seguida, definir a aplicação estratégica do aroma junto a uma consultoria especializada a fim de alcançar os melhores resultados.

É importante frisar que o Marketing sensorial de experiências proporciona resultados a curto, médio e longo prazo. Além de influenciar no momento da compra, a fidelização do aroma à marca, criando um vinculo com o cliente, é conquistada com o passar do tempo. Mas o seu ambiente é propício para vendas?

Outro ponto interessante é o ambiente. Mesmo que os produtos estejam em embalagens completamente fechadas, ainda é possível despertar o interesse olfativo de seu público valendo-se de ferramentas estratégicas de marketing sensorial e venda.

Nesse sentido, empresas que trabalham com produtos feitos na hora possuem vantagem. Estudos apontam que padarias que passaram a exalar o cheirinho de pão fresco e outros assados nos seus espaços comerciais tiveram um aumento de 60% no volume de vendas.

O cliente muitas vezes chega com pressa, querendo apenas comprar algo rápido, mas quando se deixa envolver pelo cheiro de determinados alimentos e tem seus sentidos despertados, não hesita em consumir mais que o planejado inicialmente.

Diante disso, observamos que nosso apetite pode ser aguçado diante de aromas agradáveis. Em caso de lanchonetes e similares, é válido buscar que seus clientes consumam no próprio ambiente. Assim, o cliente tende a ficar mais tempo exposto aos cheiros do local e, consequentemente, além de criar um vínculo ainda mais forte com a marca, são induzidos a consumir mais.

Aromas que Vendem
Segundo estudos recentes, 83% das formas de propaganda possuem apelo predominantemente visual e auditivo. Sendo assim, observa-se uma grande deficiência nas abordagens com apelos sensoriais olfativos. Adotar essa estratégia de venda é um diferencial na busca pela atração e fidelização do público.

Os Estados Unidos e o Japão, países pioneiros na aplicação do Marketing olfativo, são as nações que mais têm investido na busca de conquistar o público através dos aromas. Diante disso, têm alcançado resultados positivos – até mesmo salas para a aula de música são trabalhadas com foco na fragrância que irão adotar.

O exemplo mais conhecido é o cheiro característico de carro novo. Muitas concessionárias valem-se do aroma associado a este conceito no momento de fidelizar a venda, explorando um recurso sensorial disponível neste ramo específico. Em cada segmento é primordial buscar as ferramentas disponíveis no momento de conquistar o consumidor.

A memória olfativa é, comprovadamente, a maior memória que o ser humano possui!

A memória olfativa é, comprovadamente, a maior memória que o ser humano possui!
5 (100%) 100 votes

marketing-olfativo-marketing-do-olfato-cheiro-bom-cheiro-bom-loja-memoria-olfativa

Você sabia que em menos de um segundo somos capazes de detectar inúmeras substâncias presentes no ar, em concentrações tão baixas que nenhuma máquina construída pelo homem detectaria?

Em 2004 dois cientistas, Richard Axel e Linda B. Buck ganharam o Prêmio Nobel de Medicina por terem descoberto uma família de genes (cerca de 1.000 genes ou 3% do genoma) intrinsecamente relacionados à nossa capacidade olfativa. A memória olfativa é, comprovadamente, a maior memória que o ser humano possui!

Através do cheiro, abrimos uma porta de acesso a uma área do cérebro chamada de sistema límbico, de onde provém as nossas emoções. Conhecido há muitos anos pela aromaterapia, é sabido que os cheiros interferem no comportamento humano e na sua expressão emocional.

Existem aromas que reduzem o nível de estresse por uma interferência direta na produção de hormônios da hipófise no cérebro, enquanto outros nos levam a um contato mais direto com as nossas memórias guardadas, trazendo sensações muito quando inalados.

Conheça alguns aromas e seus benefícios:

– Abeto

De agradável aroma que lembra florestas e natal. Possui efeito equilibrador das glândulas supra-renais e freiador de hormônios de stress.

– Cipreste

Melhora a concentração e facilita o desapego, a concentração no estudo, ajuda a combater o stress.

– Eucalipto glóbulos

Ajuda a melhorar a dificuldades de expressão.

– Gerânio

Em problemas de carência afetiva, medo, problemas de depressão, falta de ânimo e entusiasmo.

– Hortelã

Atua “clareando”, “abrindo” a mente.

– Jasmim

Em problemas de ansiedade, como equilibrante da hipófise e como afrodisíaco. Facilita o relaxamento e a meditação.

– Laranja

Falta de alegria e entusiasmo pela vida, em casos de depressão, como um calmante suave que estimula a alegria.

– Lavanda

Um óleo que atua acalmando a agitação, útil em problemas de insônia. Empregado em stress, proporciona a sensação de liberdade e paz. Calmante.

– Manjerona

Na agitação, stress, ansiedade, irritabilidade e desgaste nervoso. Para indivíduos tímidos e ansiosos, pois auxilia na verbalização e expressão.

– Mirra

Auxilia na meditação e introspecção. Interiorizante.

– Pinheiro silvestre

Estimula a liberação de cortisona pelas adrenais e reduz hormônios de stress.

– Sândalo

Facilita a meditação e introspecção. Desenvolve a paciência e o altruísmo.

– Tangerina

As tangerinas são aromas alegres, anti-depressivos e estimulantes. Agem equilibrando também estados de ansiedade e medo.

– Ylang ylang

De propriedades sedativas, calmantes e úteis contra ansiedade e insônia. Possui um aroma muito sensual.

Em época de Copa do Mundo o marketing olfativo invade o quarto do melhor jogador do mundo.

Em época de Copa do Mundo o marketing olfativo invade o quarto do melhor jogador do mundo.
5 (100%) 100 votes
marketing-olfativo-cristiano-ronaldo-copa-do-mundo
Cristiano Ronaldo e o Marketing Olfativo

Alfazema, camomila ou erva-doce. O sonho de Cristiano Ronaldo em conquistar a Copa do Mundo será embalado por um dos três aromas que fazem parte do menu de travesseiros oferecido pelo hotel onde a seleção portuguesa ficará hospedada durante a competição, em Campinas. Melhor jogador do mundo, o astro tido como vaidoso graças ao estilo que já incluiu roupas coloridas e unhas pintadas terá outro mimo para caprichar no penteado que encanta as fãs: o espelho do banheiro que não embaça.

Para relaxar, o craque português ao chegar ao quarto já terá seis almofadas padronizadas e aromatizadas, e ainda poderá pedir mais quantas quiser ao resort, entre as opções disponíveis, além das também aromatizadas: espuma ortopédica, espuma compacta, látex natural, poliéster natural ou magnético cervical, que possui ondas magnéticas e infravermelhas que aliviam a musculatura dos ombros, região cervical e cabeça.

Realmente o Marketing Olfativo não tem limites.

Conheça a Cheiro Bom: Uma empresa especializada em Marketing Olfativo

www.cheirobom.com.br

O aromatizante ideal para cada ambiente da sua casa

O aromatizante ideal para cada ambiente da sua casa
5 (100%) 101 votes

Os aromatizantes promovem a sensação de relaxamento e bem-estar. Mas cada ambiente da casa pede um cheiro diferente. Vamos dar dicas de como escolher o melhor aroma para salas, quartos e banheiros.

Melhor aromatizante para sua casa.
Melhor aromatizante para sua casa.

A casa precisa ser aconchegante e antistressante. E cheiro é um fator decisivo para o momento “relax”. Para isso, precisamos apostar mais em aromatizantes de ambiente. Um aroma agradável é capaz de promover o relaxamento e ainda estimular o seu bem-estar e de toda a sua família.

Os aromas têm que corresponder às características do cômodo e é por isso que o aspecto terapêutico é determinante nessa decisão. “Lavanda e sândalo, por exemplo, são tranquilizantes. Já os cheiros amadeirados são revitalizantes, ajudam a renovar a energia”.

Os aparelhos usados para difundir o cheiro também precisam harmonizar com a decoração e ter a intensidade correspondente, por isso existem vários modelos de aromatizadores como o elétrico, nebulizador de aromas, home spray, difusor de varetas, aromatizador aerossol, entre outros.

Recomendações para os diferentes ambientes:

Sala – O nebulizador de aromas PlayAroma é uma ótima opção. Você liga quando estiver em casa e costuma impressionar muito as visitas. Para a sala aposte em cheiros energizantes como “melancia”, “alecrim” e “folhas do Brasil”.

Banheiro – O aromatizador aerossol cumpre bem a função de perfumar. O banheiro pede fragrâncias cítricas ou musk, que deixam o ambiente com toques suaves de limpeza, frescor e leveza, como o “citrus” e o “capim grass”.

Quarto – No quarto é melhor usar aromatizadores que deixam o cheiro mais suave, que podem ser intensificados para momentos especiais, como os difusores de varetas com as fragrâncias de “alecrim” e “maça e canela”.

E deixe a sua casa mais confortável.

Fonte Caras

 

 

Marketing Olfativo Para Clinicas de Estética

Marketing Olfativo Para Clinicas de Estética
5 (100%) 113 votes
clinica-estetica, marketing olfativo
Marketing Olfativo para centros de estética,

A magia do marketing olfativo: Atraia o cliente pelo cheiro.

Um perfume de ambiente agradável e marcante é capaz de atrair a atenção do cliente, podendo aumentar o tráfego no estabelecimento, o tempo de permanência e a lembrança da marca.

Utilizando- se da aromatização para atrair o interesse dos consumidores e aumentar a simpatia pela marca, produto ou serviço, o Marketing Olfativo conquista e consolida o consumidor, que se sente bem e confortável, permanecendo no local.

O marketing olfativo (eis o nome do “conceito”) permitiria que o cheiro agradável se fixasse na memória do cliente. Quando a pessoa voltar a sentir esse cheiro outro dia, vai trazer a marca ou produto à sua mente, especialmente se ele teve uma boa experiência com ela.

A estratégia é muito explorada fora do Brasil. A empresa trouxe a ideia há 15 anos. Hoje, o mercado amadureceu e existe boa demanda não apenas em relação aos aromatizadores de ambiente, mas também de marcas que buscam colocar uma fragrância em produto que leve seu logotipo.

Através das características do público-alvo (sexo, idade, estilo) e a sensação que espera passar, é possível montar um projeto de marketing olfativo, sugerindo algumas essências que atendam a esse objetivo e a melhor forma de difundi-las no ambiente.

A Cheiro Bom trabalha com três sistemas de aromatização. Um deles funciona por ventilação e comporta até seis fragrâncias — assim, o cliente pode criar sua própria combinação. É mais indicado para ambientes de até 120 m2. Já o aromatizador por aerossol é para lugares menores, de até 30 m2, e pode ser programado para borrifar em intervalos definidos. O sistema mais novo é o nebulizador de aromas PlayAroma, desenvolvido pela própria Cheiro Bom após dois anos de pesquisas, é indicado para lugares mais delicados, como lojas e recepções, e atende ambientes de até 100 m2.

Cheiro de frutas ajuda a optar por pratos menos calóricos, diz pesquisa…

Cheiro de frutas ajuda a optar por pratos menos calóricos, diz pesquisa…
5 (100%) 101 votes
Marketing Olfativo
Para os cientistas, esses resultados mostram como o apetite pode ser modulado por estímulos inconscientes

Para os cientistas, esses resultados mostram como o apetite pode ser modulado por estímulos inconscientes
Ao chegar a um restaurante, seja para almoçar ou jantar, é comum encontrar muitas tentações, como pratos muito calóricos e sobremesas de dar água na boca. No entanto, de acordo com cientistas, um simples truque pode contribuir para fazer escolhas mais saudáveis de forma fácil: cheirar uma fruta.

O novo estudo, publicado na revista científica “Appetite”, sugere que a exposição a aromas de frutas antes de escolher o prato pode tornar o cérebro mais propenso a selecionar uma opção saudável, especialmente na sobremesa.

Segundo psicólogos da Universidade de Bourgogne, em Dijon, na França, as descobertas comprovam a influência dos cheiros nas escolhas alimentares, já que os voluntários que participaram da pesquisa não sabiam que estavam sendo expostos a odores de frutas.

Para o estudo, foram recrutados 115 homens e mulheres, com idades entre 18 e 50 anos. Os participantes foram divididos em dois grupos e foram avisados de que participavam de um estudo para analisar como as pessoas se comunicam durante as refeições.

Uma sala de espera, sendo que minutos antes dos participantes entrarem, o local tinha sido pulverizado com o cheiro de peras frescas. O restante aguardou em uma sala que não tinha nenhum odor.

Após 15 minutos, os voluntários eram convidados a escolher três pratos em um buffet, sendo um para a entrada, outro como refeição principal e depois a sobremesa. Em todos os pratos havia uma opção de refeição com frutas ou legumes e outra sem essas opções saudáveis.

Na entrada, os participantes poderiam optar por um prato de carnes frias ou cenoura ralada. Já no prato principal, a escolha ficou entre cannelloni à bolonhesa e um salmão acompanhado de risoto de legumes verde. As opções de sobremesa eram duas: brownie de chocolate ou compota de maçã.

Ainda que o odor da pera tenha tido pouco efeito na escolha da entrada ou da refeição principal, os estudiosos verificaram que houve uma grande diferença de escolha nas sobremesas. Três em cada quatro participantes que não sentiram cheiro de fruta optaram pelo brownie de chocolate, enquanto menos da metade do grupo exposto ao cheiro de pera fez essa mesma escolha.

Os cientistas avaliam que esses resultados mostram como o apetite pode ser modulado por estímulos inconscientes. No relatório da pesquisa, eles afirmaram que os participantes expostos ao odor de pera, em sua maioria, optaram por uma sobremesa de frutas.

“Pela primeira vez, este estudo fornece evidência científica de que um odor frutado não conscientemente percebido pode influenciar nas escolhas alimentares reais, orientando a pessoa a optar por uma sobremesa com frutas”, declararam.

Fonte: Uol, São Paulo

Saiba qual o sentido mais poderoso.

Saiba qual o sentido mais poderoso.
5 (100%) 102 votes

Materia completa no link Aqui

Olfato e o sentido mais poderoso do ser humano

Olfato o Sentido mais poderoso do ser humano
Olfato o Sentido mais poderoso do ser humano.